quarta-feira, junho 24, 2015

Custa tanto

quando a vida nos prega grandes partidas e não podemos dar aos nossos filhos aquilo que queríamos. Estou de coração pequenino, bem pequenino...

2 comentários:

Vá toca a comentar