terça-feira, janeiro 28, 2014

Qualquer dia...

Acordo velha!!! Só me tem acontecido coisas más...jasus...



quinta-feira, janeiro 23, 2014

Temos muita peninha...

Sou uma amante de animais, disso toda a gente sabe. Se pudesse tinha um jardim zoológico em casa e adorava se um dia ganhásse o Euromilhões montar um canil. Preferia lidar com animais o dia inteiro do que com pessoas como lido, estudei para isso mas infelizmente não é isso que faço todos os dias. Todas as pessoas que me conhecem desde sempre sabem bem como sou, ontem antes de irmos ao Vet acabámos por passar no cabeleireiro onde a minha mãe estava a cortar o cabelo. Conheço as senhoras desde pequenina e sempre foram cabeleireiras de toda a família (terras pequenas já sabem como é) qual não é o nosso espanto quando a empregada diz a alto e bom som em relação à nossa cadela, "não vale a pena que essa vai morrer","quando morrer arranjam outra". Digo-vos que a sorte dela foi que eu não a ouvi, fiquei a saber mais tarde porque a minha mãe me contou. Respeito as pessoas que não gostam de animais mas também gosto que me respeitem a mim por gostar deles. Só vos digo que hoje era o meu dia de lá ir, sai de casa depois de respirar 1000vezes e de ter metido na cabeça que não ia armar um barraco, embora me apetecesse se a senhora comentasse alguma coisa. Cheguei lá e a dona que me costuma cortar o cabelo não estava, a dita empregada que tinha ido almoçar é que me ia cortar o cabelo, pois disse à senhora que lá estava que preferia que fosse a dona, que sempre me cortou o cabelo, deixei recado à dita empregada que voltava a marcar quando a dona estivesse. Bati os sapatinhos e vim embora e ela acabou de perder o dinheirinho do corte do cabelo...temos pena mas no meu cabelo essa senhora não toca e o nome do meio dela é vaca insensível...



quarta-feira, janeiro 22, 2014

Voltei

os dias cá por casa já andam mais calmos, os meus pais voltaram ao normal, foi mesmo só uma fase má. A menina cá de casa continua doente, uma coisa nunca vem só mas vai melhorar de certeza e eu cá ando na vidinha de sempre. Agora vou andar mais assiduamente  por aqui...

sexta-feira, janeiro 10, 2014

(...)

Das coisas que sempre me orgulhei na minha família desde sempre,  foi da relação dos meus pais. Do companheirismo, da boa disposição e do amor que sempre se viu estampado nos rostos. Passaram por muita coisa, dois filhos para criar, pouco dinheiro, trabalho do campo mas sempre superaram tudo. Não digo que nunca assisti a uma discussão, porque assisti, não digo que por vezes não lhes apetecia embirrar um com o outro mas em 30 e tal anos de casamento não há ninguém que não discuta.Sempre superaram essas coisas e no dia a seguir era vê-los todos contentes e amorosos. Hoje estou triste porque estou a assistir a uma coisa completamente diferente, não sei o que se passou e nem eles me conseguem explicar. Já ouvi os dois lados da história e para mim não é nada, mais parece um arrufo de miúdos mas só estou a rezar para que isto lhes passe depressa e para que nenhum dos dois cometa nenhuma loucura, porque apesar de tudo e da relação que tenho com um, ser completamente diferente da que tenho com o outro amo-os do fundo do coração e não nunca pensei que isto pudesse acontecer. Hoje estou mesmo preocupada e tenho o coração do tamanho de uma ervilha...

domingo, janeiro 05, 2014

Das resoluções do ano passado

 A poeira já assentou, o ano velho já passou (Feliz Ano Novo a todos) e já ando a ver as atualizações na blogosfera e a perceber que me passou muita coisa ao lado. Só assim percebemos que quando andamos absorvidos por alguma coisa, deixamos tudo nos passar ao lado. Parece que há meses que não vinha cá. O ano que passou acabou com muito stress mas o ano novo está a começar bem. Já anda tudo mais organizado cá por casa e estamos prontos para enfrentar mais um ano.
Quanto às resoluções a que me propus no inicio de 2013...
1- Emagrecer 4 quilos, vou marcar a tal consulta no nutricionista que falo há décadas e se for preciso procurar ajuda psicológica, o peso já me está a afectar; Sim marquei e andei o ano todo nisto, conclusão, emagreci mas voltei a engordar. Acabei o ano com mais quilos do que queria mas mais descontraída com esta situação.

2- Voltar à leitura, tenho um livro empatado há um ano, já tenho vergonha de mim mesma; Sim continua meio empatado...

3- Ser mais organizada com as tarefas cá em casa para conseguir descansar mais nas folgas; Sim consegui mais ou menos, mas o meu nome do meio e o do L. é desorganizados q.b., vamos continuar a melhorar.

4- Comer menos carne, vou ter de convencer o L. Propor isto a um Alentejano não vai ser tarefa fácil; Não foi fácil mas conseguimos, apesar do L. ainda preferir comer carne todos os dias já conseguimos comer mais verduras e contornar a carne. Ontem tentei fazer tofu caseiro mas ficou uma bosta...

5- Fazer exercício, o desafio e a minha parceira têm ajudado e é para continuar; Sim, inscrevi-me no ginásio mas acabei por desistir. A elíptica cá de casa tinha mais uso e com os meus horários de trabalho não era fácil conciliar com o ginásio. Andei lá uns meses e nunca conseguia ir às aulas...

6- Poupar mais, com tudo a aumentar não sei se vou conseguir mas vou tentar; Sim conseguimos poupar mas tivemos alguns rombos no orçamento. Não foi grave e vamos continuar.

7- Beber mais água, o pior objectivo mas o que me afecta mais;Consegui portar-me bem vários meses mas confesso que ultimamente tenho bebido muito pouco, é só chegar o frio que não consigo.
8- Cuidar mais de mim, juro que vou colocar creme de manhã e à noite, que não vou fazer fita para ir à depilação, que vou ao cabeleireiro mais do que uma vez por ano e que vou andar sempre de unhaca arranjada e pintada; Mais ou menos, já me ando a portar melhor com os cremes e de vez em quando já me pinto, pelo menos ando a esforçar-me. Quanto às unhacas dei cabo delas com o verniz de gel, estão em fase de manutenção.
9- Afastar-me de certas pessoas que só me fazem é mal; Sim ando a conseguir. Apesar de ter sido um ano com algumas irritações e choro pelo meio,por causa dos outros ando a conseguir desligar-me...

10- Visitar mais vezes a família e os amigos que estão longe, nem que para isso tenha de pedir 2000 vezes à minha chefe para me trocar as folgas; Não foi um ano em grande neste aspeto pois foi um ano agreste de trabalho...

11-Fazer a vontade ao L. e arranjar um cão só nosso;  Ainda não foi este ano, temos um saco de pulgas lindo que é de toda a família e que nos adora, que por enquanto vai continuar a ser a única.

12-Ir ao médico, ando a adiar, a adiar... Sim fui e está tudo bem!