quarta-feira, julho 19, 2017

A minha alimentação nos últimos dias

Já sabia que o peso tinha aumentado mas com a correria da vida ainda não me tinha pesado. Muitas vezes só me lembrava depois do pequeno-almoço e eu que só gosto de me pesar de manhã antes de comer. Há dias subi à balança e qual não foi o meu espanto quando me apercebo deste valor na balança...o valor critico.


alimentação

Acho que nem acreditei bem mas tinha voltado a aumentar para o critico. E critico porquê? Porque quando chego a este peso é me bastante difícil conseguir emagrecer, porquê ainda não percebi. Há quem esteja a pensar, "ah mas não tens assim tanto peso", "mas isso não é nada, não estás obesa", pois não mas este não é aquele peso com que me sinto bem. Começo logo a sentir-me mais cansada, a não me conseguir mexer tão bem, noto logo a barriga mais saliente e bem mais inchada. A primeira coisa que pensei foi, "pronto, estou de dieta!!". O que pensei logo foi seguir a dieta paleo e acabei por pesquisar um pouco mais, mas a questão de retirar todos os lácteos da dieta faz-me um bocadinho impressão. Não bebo leite deste a gravidez da baby Percebes mas o queijinho como sempre, maioritariamente queijo fresco ou a vaca que ri e o queijo é importante para mim. Então basicamente larguei o pão, comecei a beber batidos de fruta ao pequeno almoço, larguei o açúcar e os gelados de Verão e comecei na guerra da água comigo mesma. Nunca gostei de água e com a maluquice do trabalho passava o dia sem beber porque nem me lembrava dela (ultimamente tenho conseguido beber 1.5L ou mais). Sinto-me menos inchada e só por isso está  a valer a pena, acho que realmente o glutén não faz bem e deixei de andar inchada. As refeições em família têm sido um bocado uma aventura, porque a baby não gosta de tudo e é um bocadinho complicado não ter de fazer duas refeições. Acho que esse é o principal problema mas ando a pesquisar receitas e a tentar não complicar, por vezes nós é que complicamos e as coisas mais simples são as melhores.
Ando a tentar consumir alimentos mais orgânicos e eliminei as comidas prontas, acabou-se o rissol congelado, a pizza do supermercado, o fiambre e muito mais. Essa parte não foi difícil a baby não come nada disto, o maridão vai continuar a comer mas menos vezes porque vai ter de me acompanhar. :) No exercício é que ainda não me consegui orientar muito bem mas isso é assunto para outro post.
A minha vontade de estar saudável e de me sentir bem com o meu corpo é grande e por isso vou conseguir...



8 comentários:

  1. Claro que vais conseguir!
    Foco e determinação! :)

    ResponderExcluir
  2. Ola Evy por experiência própria e como conselho se queres segue o conceito paleo... Leia mais sobre o assunto.. Os leites (amêndoa, coco...) bebem-se, os queijos (com gordura e menos processado possível) comem-se com muita moderação num processo de emagrecimento... Alias basicamente o que retira da alimentação são "alimentos" processados... que de nada fazem bem (como fiambre... Monica Miranda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Monica, vou pesquisar mais sim, obrigada pela dica. Beijinhos

      Excluir
  3. A tua última frase resume-te.
    Tenho a certeza que conseguirás. Quanto ao exercício só custa mesmo começar. Força!

    ResponderExcluir
  4. Estou com 58kg e digamos que é o meu peso ideal, mas há um ano atrás estava nos 65 kg e não foi fácil perder 7 kg. Foi mais difícil do que pensei mas consegui. Com força de vontade, tudo se consegue!

    ResponderExcluir
  5. Estou com 58kg e digamos que é o meu peso ideal, mas há um ano atrás estava nos 65 kg e não foi fácil perder 7 kg. Foi mais difícil do que pensei mas consegui. Com força de vontade, tudo se consegue!

    ResponderExcluir

Vá toca a comentar